Logo

Por que nunca foi mais fácil alcançar FI com Brandon @MadFientist


Depois de seguir o caminho da FI sozinho por mais de dois anos, descobri o blog de Brandon MadFientist.com em 2013, lendo imediatamente todos os seus posts. Seus textos sobre impostos, gastos e otimização de vida me guiaram em minha própria jornada de FI e agradeço por agora chamá-lo de amigo.

Brandon é uma das 10 pessoas que alcançaram a independência financeira antes dos 35 em destaque no meu livro Liberdade financeira: um caminho comprovado para todo o dinheiro que você precisará e também será apresentado no próximo documentário Playing with FIRE (Financial Independence Retire Early) (tão feliz por ver tantos amigos na tela grande!).

Nessa conversa, mergulhamos profundamente na privação, felicidade, significado e por que nunca foi tão fácil na história alcançar a independência financeira. Foi uma verdadeira honra ter o Brandon no programa.

Há algum incêndio direto neste episódio. Confira abaixo, na sua plataforma de audição favorita, ou leia a transcrição completa da entrevista abaixo.

Assine o Podcast de Liberdade Financeira

Se você gostou deste episódio e gostaria de assinar o podcast Financial Freedom, você pode escolher sua plataforma abaixo. Além disso, todos os comentários no iTunes são muito apreciados!

Ouça no Google PlayOuça no AndroidOuça no StitcherOuça no Spotify

Brandon @MadFientist Interview (transcrição completa)

Conceder: Olá a todos, estou muito animado hoje no podcast de liberdade financeira para ter Brandon do MadFientist.com Brandon, também conhecido como Mad Fientist. Então Brandon é uma lenda no espaço de finanças pessoais e realmente teve um grande impacto na minha própria jornada FI. Ele foi realmente o primeiro blogueiro que eu achei que A) realmente ressoou em mim e você sabe, eu o encontrei numa época em que eu estava trilhando o caminho da FI por cerca de dois anos completamente sozinho e ele tem idéias incríveis sobre impostos otimização e otimização de estilo de vida e é uma das pessoas mais legais que eu já conheci. Então, ei Brandon, bem-vindo ao podcast.

Brandon: 00:39 Uau, isso é incrível introdução. Muito obrigado por essas palavras amáveis. É bom estar aqui.

Conceder: 00:44 Sim cara. Então Brandon é uma das 12 histórias apresentadas em Liberdade Financeira. Então, é muito legal saber mais sobre sua história e eu realmente aprecio toda a ajuda por lá. E um lugar que eu realmente queria começar aqui é que todas as pessoas com quem conversei realmente parecem ter conseguido maximizar a minha felicidade por coisa dólar. Você pode dizer ao público sobre como você descobriu que o nível de gastos perfeito que fez você feliz?

Brandon: 01:14 Sim, tem sido um longo processo e eu definitivamente não me considero lá. É, é uma experiência constante e é muito mais difícil do que parece. É como, tudo bem. Mesmo me dando fundos ilimitados para ser assim, ok, aqui está, você pode simplesmente enlouquecer e mesmo assim ainda é difícil descobrir como exatamente o que te faz feliz. Então, a origem da história é que eu fui longe demais e a zona de privação de poupança e frugalidade e então quando descobri que a independência financeira é possível, como se eu tivesse feito tudo que estivesse ao meu alcance para chegar lá e me tornasse obcecado isso mesmo. E isso levou a um período de provavelmente dois anos, pelo menos, de tempos realmente muito sombrios. Como se eu não estivesse feliz, o que obviamente fez minha esposa infeliz e eu estava apenas tentando economizar cada centavo. Não foi bom.

Brandon: 02:12 Eu nem percebi o que estava acontecendo para ser honesto. Eu só sabia que uma vez eu bati no FI eu ficaria feliz e eu estava apenas tentando chegar lá o mais rápido possível, mas apenas lentamente comecei a ficar mais distante dos meus amigos e família e era como, ok, eu não sei quero ir e fazer isso, uma grande viagem de esqui porque isso vai custar muito dinheiro e então eu vou ficar em casa e eu vou estudar ou eu vou fazer um trabalho de Mad Fientist e isso continuou crescendo até que eu foi como realmente retirado e estávamos morando na floresta de Vermont na época. Então foi fácil simplesmente desaparecer na floresta. E sim, foi apenas depois de dois anos do que minha esposa era, o que está acontecendo aqui? Como se precisássemos fazer uma mudança e sair disso.

Brandon: 02:56 Como você está obviamente infeliz. Eu não estou feliz. E foi só quando ela disse isso, que eu percebi o que estava acontecendo e como, sim, eu estava, eu estava realmente deprimida, eu acho. E obviamente eram muitas coisas diferentes. Não foi apenas frugalidade e privação para gastar. Era, você sabe, o isolamento de estar na floresta de Vermont. Não era ser feliz no meu trabalho e coisas assim e estar sobrecarregada porque eu estava fazendo um mestrado gratuito na época. Então foram todas essas coisas. Mas uma vez que ela disse, foi tipo: Oh, nossa, sim, nós estamos infelizes e nós, nós apenas decidimos voltar para a Escócia, que é de onde ela veio e começar de novo, tipo, as madeiras, começam a ser em torno de pessoas que amamos e gostam de passar o tempo e parar de se concentrar tanto em dinheiro que foi, que foi o meu problema.

Brandon: 03:43 Então, isso é metade da história. Então, fui eu testando aquele limite inferior e percebendo que não é uma vida que vale a pena ser vivida. Então, o que acontece, alguns anos mais tarde, é quando me mudei para a Escócia, como se tivesse acertado o meu número de FI e estava tipo, ok, vou sair do meu emprego e só ver como isso acontece. Quando eu parei, eles perguntaram se eu queria ficar ligado remotamente na Escócia e na época nossa casa ainda não tinha vendido em Vermont e eu teria ficado super estressada com isso, então eu estava tipo, ok, isso é perfeito, isso vai me deixar, você sabe, continuar ganhando renda, então eu não me estressarei muito com essa casa vazia em Vermont e isso vai facilitar a transição para a Escócia, porque eu vou estar trabalhando no mesmo emprego que eu estou acostumado. e isso vai ser ótimo porque vai tirar todas as coisas que eu odiava sobre o trabalho, que era como ir para o trabalho e reuniões e ficar preso no escritório das nove às cinco e todo esse tipo de coisa, que eu tenho certeza muitas pessoas podem se relacionar por aí.

Brandon: 04:36 Acabou sendo uma situação muito boa, então acabei trabalhando dois anos a mais do que esperava. Então, naquele segundo ano eu disse para mim mesmo, eu estava tipo, tudo bem, olha, eu recebi esse salário que eu não esperava. Então, pela primeira vez na minha vida. E isso é verdade. Como sempre fui focado em dinheiro toda a minha vida. Eu não sei de onde isso vem, mas sempre foi um foco e eu estava como pela primeira vez na minha vida eu só vou me soltar e gastar como um louco se eu quiser e não me preocupar com o que eu estou gastando e durante esse ano, como eu não, eu não acho que gastamos mais de US $ 1.000 ou US $ 2.000 a mais do que normalmente gastamos e eu acho que é porque todas as grandes coisas foram otimizadas tão bem, você sabe quando eu gasto alguns dólares extras para comer mais, como comprar mais cervejas quando estou com amigos ou algo assim, como se nada daquilo realmente importasse. Então eu sei que estou conversando há muito tempo, então vou deixar a história por lá. Mas eu acho que testar os limites superior e inferior realmente me ajudou a discar como o que realmente é importante.

Conceder: 05:39 Sim. Porque isso. Obrigado por compartilhar. Acho que isso é difícil para as pessoas quando ouvem isso. Tipo, você sabe, isso te faz feliz? Você sabe, como você está gastando seu dinheiro? Está alinhado com seus valores? Qual o seu porquê? Todas essas coisas, e eu acho que uma das coisas com independência financeira é muita gente, elas apenas olham para aquele destino e isso acaba se tornando uma espécie de vício em dinheiro de outra forma e eu realmente aprecio isso. Eu aprecio você compartilhando essa história. O que é uma coisa que você percebeu durante a jornada da FI? Você se sentiu mais livre quando economizou e investiu mais dinheiro? Parece que em algum momento você ficou realmente distante da privação, uma espécie de pêndulo balançou bem longe daquele jeito, mas qual é o momento em que você meio que percebe, ei, você sabe, eu tenho muito mais controle sobre isso e minhas opções do que eu tinha anteriormente?

Brandon: 06:32 Sim, eu gostaria de ter percebido isso antes. Não foi até muito tarde na jornada e apenas uma vez eu acertei o FI que percebi isso. Então, como você disse, eu entrei na zona de privação, o que me pareceu que eu estava reduzindo minha liberdade e reduzindo minhas escolhas porque eu estava tão focado em tentar poupar e economizar tudo o que eu podia. Então eu acho que foi longe demais para o outro lado, mas a primeira, a primeira vez que eu percebi o poder de poupar esse dinheiro foi quando eu disse aos meus chefes, ei, eu estou me mudando para a Escócia, e não foi tipo, ei posso trabalhar remotamente a partir da Escócia? Ou ei, podemos descobrir alguma coisa? Era como se eu estivesse me mudando para a Escócia e eu não me importava com o que eles diziam realmente. Mas quando eles voltaram e disseram, ei, você quer trabalhar remotamente?

Brandon: 07:17 E aqui está um computador que você pode pegar e todas essas outras coisas. Era como, uau, eu deveria ter feito isso há muito tempo. Porque, se eu tivesse entrado no escritório do meu chefe porque eu pudesse trabalhar um dia por semana de casa, mas como trabalhar mais, era como, oh não, isso é contra a política da empresa. Tipo, não, se deixarmos você trabalhar dois dias por semana de casa, todo mundo vai querer fazer isso e todo esse tipo de coisa. E aqui eu acabava de ser entregue cinco dias por semana trabalhando em casa numa bandeja. E foi só porque, como eu estava disposto a ir embora e fui capaz de ir embora, eu tinha o dinheiro para ir embora e assim foi o primeiro vislumbre de uma espécie de poder e liberdade. Mas eu ainda estou apenas começando a lidar com isso agora.

Brandon: 08:01 Assim como o Mad Fientist por exemplo. Como isso sempre foi um hobby e sim, agora está ganhando dinheiro, mas no fundo é um hobby e é algo que eu gosto de fazer. Mas naquele primeiro ano de verdade, depois que eu saí do trabalho que estava fazendo, eu estava dizendo sim para muitas coisas só porque eu achava que precisava, para gostar de manter o Mad Fientista crescendo e manter o negócio como estava em como os blogueiros estão sempre querendo aumentar sua audiência e você sabe, então você diz sim a todas essas coisas. E foi apenas como, como eu senti que meu tempo estava restrito, como eu estava quando eu estava em um trabalho, eu estava tipo, o que eu estou fazendo? Como eu estou dizendo sim para todas essas coisas. E sim, algumas são realmente divertidas e algumas são muito legais e boas e interessantes, mas é como se eu não tivesse que dizer sim a nada e tivesse a liberdade de escolher apenas as coisas que eu realmente gosto de fazer ou as coisas que eu acho que vai ajudar a maioria das pessoas ou as coisas que eu acho que vão melhorar mais a minha vida.

Brandon: 08:54 E eu não tenho que dizer sim para todas essas outras coisas que, você sabe, blogueiros normais e donos de sites normais têm que dizer sim para e no, sim, ainda é algo com o qual eu luto porque o dinheiro tem sido Um dos principais impulsionadores de toda a minha vida é que agora é difícil simplesmente virar um switch, ganhar dinheiro e não tão importante, mas deveria ser, não deveria ser tão importante. Então, sim, ainda é um processo para mim. eu acho que

Conceder: 09:22 Eu não poderia concordar mais com você. Eu estou realmente em uma posição muito semelhante onde, você sabe, eu estou fora do mundo corporativo agora há quase 11 meses e estou em um ponto onde eu quero continuar crescendo o blog. Eu tenho um livro saindo, você sabe, há tantas oportunidades, mas ao mesmo tempo, uma das coisas que eu comecei a sentir é estranhamente um tipo de constrição do tempo de uma maneira diferente do que quando eu estava trabalhando em um mundo corporativo. É uma espécie de paradoxo da liberdade financeira que, sabe, desde que eu possa me levantar e fazer o que eu quiser, eu sinto que em alguns casos eu tenho menos tempo para fazer as coisas que eu amo. Talvez porque eu tenha essa opção. Você sente isso de certa forma? Como a sua percepção do tempo mudou nos últimos dois anos através deste processo?

Brandon: 10:17 Sim, absolutamente Eu concordo com isso e, mas está tudo bem. É como coisas boas. E isso foi, isso era uma coisa que eu não esperava. Eu realmente lutei para dormir nos primeiros meses depois de deixar o meu trabalho. E como se eu sempre tivesse dormido bem e meu trabalho não fosse muito estressante, então não era como se eu estivesse sempre acordando suando de frio à noite ou qualquer outra coisa. Então eu sempre dormi muito bem. Mas nos primeiros meses eu realmente lutei para dormir e isso foi porque havia tanta coisa que eu estava tão animada para fazer que eu realmente não queria ir para a cama. Então, como a hora de dormir sempre foi a pior, porque eu era como, eu tenho que ir dormir agora e como quando eu acordar, eu ficaria super animado. Eu tenho sim o dia inteiro. E então sim.

Brandon: 11:01 Então, sinto que definitivamente não há tempo suficiente. E, novamente, é por isso que eu me concentrei neste último ano, tanto como se algo não estivesse realmente alinhado com o que eu quero fazer, então direi apenas não a isso. E isso resultou em dizer não a algumas oportunidades muito legais e interessantes que provavelmente teriam sido super divertidas. E isso, na verdade, remonta ao que estávamos falando antes, com a tentativa de maximizar seus gastos e sua felicidade naquele ano em que ficamos loucos, citamos algo louco, o que não era muito. Não foi muito, mas nós saímos para comer uma tonelada. Nós viajamos por três meses e durante esse ano percebemos que, na verdade, três meses de viagem é demais. Como se sentíssemos como se quiséssemos vir e sermos resolvidos e ficássemos muito felizes em fazer nossa rotina normal e progredirmos em coisas em que estamos trabalhando e

Brandon: 11:50 Quando estou na estrada, não posso fazer nada porque tudo o que quero fazer é comer toda a comida local e beber todas as cervejas locais e ver todas as vistas e outras coisas. Dizer não a coisas super divertidas como essas, na verdade, resultou em maior felicidade. E mesmo com restaurantes. É como se estivéssemos comendo muito mais, mas ficou menos especial. Nós gostamos de sair para comer de vez em quando, porque é como um, é um deleite. E quando algo não é mais um tratamento, é normal. E então você é como, oh, isso nem é divertido e é provavelmente menos saudável do que cozinhar. Assim. Então sim. Então, a gestão do tempo e os gastos, é como se você tivesse que dizer não para algumas coisas realmente divertidas e interessantes, assim você pode, você sabe, tentar maximizar e viver a vida ideal que você acha que é ideal para você. Mas, novamente, é sempre apenas uma experiência. Você só tem que continuar testando.

Conceder: 12:38 Uma das coisas que eu percebi é, você sabe, com liberdade financeira, você ganha esse tipo de tempo e você ganha esse espaço e uma das coisas que eu estou começando a notar é o quão infeliz muitas pessoas é que eu encontro ou vejo. E eu sinto uma das coisas que eu comecei a reconhecer, e eu nunca vi isso antes, que, você sabe, muitas pessoas estão apenas, elas estão dormindo. É como quando você para por um minuto e você realmente, se é pessoas assistindo ou você sabe, apenas quando você é capaz de se distanciar dessa corrida de ratos, por falta de uma palavra melhor, você começa a ser capaz de refletir de volta sobre isso e ver, ou pelo menos eu pessoalmente, apenas ver o quanto as pessoas estão lutando e você percebe, você sabe, eu percebi o quanto eu estava lutando quando eu estava nisso e eu acho, você sabe, você só pode Faça muita descompressão e busca de alma, você sabe, em um fim de semana ou em, você sabe, umas duas semanas de férias por ano. Você está aprendendo muito sobre si mesmo e explorando e crescendo de uma maneira que você não esperava? Quais são algumas das coisas que você não poderia imaginar que você aprenderia ou você acha que há uma aceleração apenas no seu crescimento? Quero dizer, cara, você parece muito feliz.

Brandon: 13:56 Sim. Oh, absolutamente, isso tem sido maluco. E como você disse, as pessoas estão dormindo e eu estava dormindo e você está muito ocupado com a rotina normal para gostar de pensar em outras coisas, tentar coisas ou experimentar. E essa foi a coisa mais estranha, como durante os primeiros meses depois que eu parei de trabalhar, quando você está realmente pensando em como é o que é, qual é o objetivo da minha vida? Como se eu tivesse liberdade ilimitada agora para fazer o que eu quero praticamente. E é como, bem, o que eu faço com isso? Quando pensei pela primeira vez, tudo bem, vou buscar independência financeira. Meu pensamento foi assim que eu cheguei na FI, então eu vou poder fazer todas essas coisas legais de empreendedorismo que eu sempre tive em mente e eu vou começar esses negócios, essas idéias de negócios que eu tive e eu seria capaz de finalmente trabalhar em todas essas coisas.

Brandon: 14:42 E então eu tive que ter independência financeira e muitas dessas idéias de negócios que eu tive são apenas idéias lucrativas. E é como quando você não precisa ganhar mais dinheiro fazendo algo apenas para ganhar dinheiro, não faz mais sentido. Então foi assim, tudo bem, o que eu faço agora? Como a minha maior motivação em toda a minha vida até agora tem ganho dinheiro. Toda decisão, você sabe, estudando muito no ensino médio para que eu possa entrar em uma boa faculdade, eu possa conseguir um bom emprego, receber um bom salário e escolher carreiras baseadas em salários e basear todas as minhas decisões como se isso custasse menos ou isso vai me fazer mais dinheiro? E coisas assim. Curtiu isso. Esse tem sido o principal impulsionador em toda a minha vida. E aqui eu estava sem aquele leme realmente.

Brandon: 15:26 Era como balançar no oceano, este vasto oceano que ninguém mais está ao meu redor, porque todo mundo está no caminho normal de nove a cinco e o que quer que seja. Então eu era como neste grande e vasto oceano sem leme e sem ideia do que eu iria fazer. E essas são algumas grandes questões e pensamentos pesados. E para ser honesto, como eu olho para trás e me sinto um pouco envergonhado por isso. Mas eu estava com um pouco de ciúmes de passar por mim e quase 95% da população e eu estou tipo, uau, eles estão tão ocupados que não precisam encarar essas questões difíceis e pensar sobre essas grandes questões existenciais. E eu fiquei meio que com ciúmes disso. E então eu rapidamente percebi que é tão ridículo ficar com ciúmes porque sim, como se eu estivesse enfrentando essas questões, mas eu imagino que a maioria das pessoas enfrenta essas questões eventualmente e talvez os infelizes talvez enfrentem isso no leito de morte e não tenham tempo ou capacidade de mudar de rumo ou de fazer mudanças ou de fazer algo diferente com suas vidas para gostar de alinhá-lo com mais do que eles experimentaram ou o que eles esperam que sua vida seja.

Brandon: 16:35 E aqui estou nos meus trinta anos e tenho a oportunidade de fazer isso. Então, sim, essas são perguntas difíceis, mas é um privilégio e é incrível poder ter uma chance de fazer algo sobre isso. Então, sim, tem sido uma montanha-russa e como se eu tivesse conversado com a nossa amiga em comum, Vicki Robin, sobre coisas desse tipo e eu sou como, ela ajudou a tentar me dar dicas sobre como descobrir o que é importante e onde , onde eu deveria ir daqui. Então sim, tem sido algo que eu definitivamente não esperava e tem sido, tem sido uma loucura.

Conceder: 17:11 Obrigado por estar aberto e compartilhar isso porque eu sinto que estamos em uma posição muito semelhante e é muito divertido para mim falar com você e ouvir sua reflexão sobre isso. Uma das coisas que eu percebi para mim é que a felicidade não é mais o objetivo de uma forma, e eu acho que estou crescendo mais quando mergulho em algumas daquelas coisas que eu sempre me senti desconfortável com relação a mim mesmo. e inclinando-se para algumas dessas coisas. Estou aprendendo muito sobre mim mesmo e sobre a vida e uma das missões do livro era que a Liberdade Financeira é claramente compartilhada e eu realmente espero que isso desperte as pessoas apenas com a ideia de que o dinheiro é infinito e o tempo não está em muitas pessoas que estão apenas sentados em sua mesa ou estão a caminho do trabalho ouvindo isso ou estão em casa, tipo descomprimindo, e acho que muitas pessoas sentem que precisam ficar na viagem até o fim, se isso faz sentido? É como saber se é para um número, para um nível de carreira ou se você sabe, é muito mais fácil perseguir essa coisa externa, seja uma promoção, um trabalho ou um número maior.

Conceder:18:21 Você sabe, nós somos ensinados a continuar subindo a escada da carreira, conseguir um novo emprego, e se o livro faz uma coisa, eu espero que apenas desperte as pessoas para o fato de que você pode sair daquela montanha-russa sempre você quer. Você precisa de um pouco de dinheiro para fazer isso, mas no final do dia, quanto mais você puder se engajar nessas questões essenciais, eu realmente preciso ficar nesse trabalho ou preciso realmente fazer o mesmo? quanto dinheiro eu estou ganhando, você sabe, você provavelmente não vai apenas achar um jeito de ser mais feliz, mas crescer também. É como se nós não tivéssemos nos dado tempo e espaço suficientes para crescer porque nós, não apenas estamos nos movendo rápido, mas as velocidades se acelerando e eu acho que há certamente uma coincidência entre o aumento das taxas de depressão e suicídio e essas coisas. Eu acho que nossas mentes estão realmente lutando para manter o significado, é difícil e leva tempo e espaço e não é perfeito, você sabe.

Brandon: 19:17 Absolutamente. Eu não poderia concordar mais e isso é algo que, como olhar para trás na minha própria jornada, percebi que fiz errado. Como se eu tivesse acabado de colocar tudo até FI e isso é, você sabe, isso é um processo como se você precisasse apenas pensar em como dinheiro e felicidade e por que você acha que está aqui e você só precisa fazer isso da melhor forma possível, mas é difícil… sim, é difícil economizar muito dinheiro para que você tenha o suficiente, mas também é difícil descobrir qual é esse propósito e o que te faz feliz. Então, essas são as três coisas difíceis de descobrir, mas você deve tentar descobrir todas as três ao mesmo tempo e otimizar para as três em toda a jornada. Considerando que o que eu fiz foi como eu ignorei completamente os outros dois, focados unicamente no dinheiro e então eu consegui o dinheiro parte dele resolvido e então eu tive essas outras duas coisas onde eu estava tipo, bem Jeez, eu não tenho ideia do que Eu estou fazendo aqui e isso não é bom por estar nessa posição, mas também não é bom para a felicidade ao longo da jornada.

Brandon: 20:19 Assim. Então, sim, eu acho que esses três componentes, se você puder se concentrar neles por toda a sua vida e tentar otimizar para hoje com base no que seu patrimônio é hoje, qual é sua renda hoje, o que você está gastando hoje. Assim como o foco na otimização para sua situação atual, esperamos que você seja feliz e trabalhe com o que deseja fazer de qualquer maneira. E, eventualmente, você atingirá o FI e nem se importará porque sua vida é otimizada para dinheiro, felicidade e propósito. Então, mas é mais fácil falar do que fazer.

Conceder: 20:50 Sim, eu concordo com você. Eu era do mesmo jeito. Eu não poderia ter respondido a essa pergunta sobre o que te faz feliz porque para mim era algo externo. Você está chegando a esse objetivo e espero que, espero, você saiba, nós somos muito sortudos por termos conseguido fazer isso em nossos trinta anos e é um luxo tão grande. Espero que mais pessoas, pelo menos, acordem com a ideia de que, mesmo que você saiba, não precisa ser perfeito. Essa é a coisa também com FI, muitas coisas é como, Oh, eu tenho que fazer todas essas coisas e as pessoas se sentem culpadas se não o fizerem. Então, você sabe, nós somos tão sortudos que somos capazes de ter tempo e espaço para pensar sobre essas coisas e eu espero que as pessoas lá fora, você sabe, FI, muito do que é compartilhado sobre FI, uh, e muito do que está escrito sobre o FIRE é, você sabe, é tudo sobre otimização, otimização, otimização, e eu apenas, eu realmente sinto que pelo menos eu cresci mais quando cometi erros e recebi este e-mail de um leitor que é como, você sabe, eles se sentiram tão culpados porque estavam economizando dinheiro e agora não estão e agora estão fora do caminho certo.

Conceder: 21:52 E você sabe que o ponto principal de tudo isso é que FI não é um caminho. É o seu caminho e há muitas maneiras diferentes de se tornar FI. Tantas táticas diferentes. E uma das coisas que eu acho que eu gostaria que as pessoas se permitissem mais espaço para crescer e não se preocupassem necessariamente em atingir um número perfeito. Perfeito múltiplo. Pelo menos é meu, esse é o meu reflexo. Mas com isso dito, uma das coisas que você disse quando eu estava falando com você e entrevistando você para o livro é que nunca foi tão fácil nos Estados Unidos se tornar FI. Você pode falar um pouco sobre, você ainda acredita nisso e por quê?

Brandon: 22:33 Oh, absolutamente. Sim. Eu definitivamente diria que, você sabe, a renda é muito alta. Nós temos tantas coisas que são tão fáceis hoje em dia. Como eu penso sobre como todas as coisas que estão no meu laptop. Meu laptop substituiu tantas coisas diferentes que custariam dezenas, se não centenas de milhares de dólares. Você sabe, apenas 20 anos atrás. A tecnologia realmente fez isso para que possamos fazer algumas coisas incríveis. Isso se abriu, obviamente, como as opções de investimento que se abriram nos últimos 20, 30 anos. Os fundos de índice de baixo custo gostam de comprar todas as ações do mercado. Cinquenta anos atrás, eu nem sei como você faria isso. E as taxas e os custos envolvidos seriam insanos. Mas agora podemos investir em todos os negócios do mundo. Eu sou um anfitrião e, para alguns pontos básicos, não é assim que os salários são altos.

Brandon: 23:25 A oportunidade que você mostrou como você é uma história incrível, como o que você fez com um laptop e acaba de criar negócios incríveis. Há muito menos gatekeepers nos dias de hoje. Há um, você sabe, apenas continua como se houvesse tanta oportunidade e, sim, obviamente ainda existem problemas como o custo dos cuidados de saúde estão aumentando e os custos da educação formal estão aumentando e coisas assim. Mas, você sabe, no geral eu acho que este é apenas um momento incrível para estar vivo e para a oportunidade de realmente assumir o controle de sua vida e fazer o que você quer e potencialmente ganhar a vida com isso é tão alto.

Conceder: 24h04 Então, por que você acha que a taxa de poupança continua a cair nos EUA? A dívida aumenta no momento em que nunca foi tão fácil se tornar financeiramente independente e todas essas ferramentas estão disponíveis. Por que tantas pessoas ainda estão presas nessa rotina?

Brandon: 24:21 Certo. Bem, eu acho que a tecnologia é uma espada de dois gumes, então, sim, isso nos dá todas essas oportunidades, mas também nos dá o mesmo na sua cara e não é apenas o Jones, é como o destaque dos Jones. Então, antes de você estar acompanhando seu vizinho do lado e se você souber, um carro novo, então você sentiria que precisava de um carro novo … mas isso é uma quantidade bastante limitada de pessoas que você está comparando. Mas agora é como se você estivesse se comparando com o seu orador da turma que agora está vivendo em uma mansão na costa e eles estão fazendo todas essas grandes coisas e seu outro amigo não tem dinheiro para comprar um Lexus novo e chique, mas eles fazem. Eles têm um e você não conhece o cenário deles, então apenas vê as fotos deles em seu novo Lexus.

Brandon: 25:04 Você está vendo tudo isso, obviamente, como todos os programas de televisão e tudo na TV também está se comparando. Então, acho que acho que isso pode ser uma grande causa disso. Assim como, sim, você está acompanhando os Jones como todas as outras gerações anteriores parecem fazer, mas você está apenas exposto a um, apenas um estilo de vida completamente diferente e o destaque de todas essas pessoas e o triste é eles provavelmente não podem pagar muito disso. Mas quando você está se comparando a alguém, você não conhece o cenário completo. Então poderia ser isso? Americanos em particular, eu não sei se eles sentem que merecem o melhor e são tão … como dissemos antes, eu acho que muitas pessoas estão tão desconectadas do que realmente as faz felizes, então elas estão apenas gastando em coisas que não os faz felizes e que estão apenas prendendo eles, nessa infelicidade onde eles têm que trabalhar muito para mantê-los apenas porque, você sabe, o crédito é mais fácil de obter agora do que provavelmente já foi, então as pessoas estão transando seus futuros eus por gastar o que eles não podem pagar apenas para manter este estilo de vida. E é um ciclo difícil e eu não sei, é difícil sair até você, eu acho que você, esperançosamente nós tropeçamos em um livro como o seu e percebemos, oh espere, eu não tenho que fazer tudo isso e sim Esse carro chique não me deixa feliz, então por que estou trabalhando tanto para pagar por isso?

Conceder: 26:36 O que você recomendaria para aquela pessoa que está ouvindo isso, e você sabe, talvez eles estejam se sentindo presos, mas isso tem sido uma faísca onde eles são como, Huh, você sabe, eu, eu quero aprender mais sobre isso e eu, você sabe, quais são esses primeiros passos com base em sua experiência que você acha que terá o maior impacto para alguém? E você sabe, eles não precisam ir all-in. Quais são esses poucos passos para levar alguém dessa mentalidade consumista para, hey, você sabe, o dinheiro pode realmente me dar muito mais controle e muito mais liberdade na minha vida ?

Brandon: 27:07 Acho que o primeiro passo seria apenas registrar o valor de um mês em gastos. Você poderia fazer isso manualmente. Você poderia se inscrever para mentor Personal Capital e deixá-los mostrar o que você está gastando em suas contas bancárias, mas acho que sim, apenas descobrir onde você está e, em seguida, passando por isso e vendo como, tudo bem, são essas despesas como Eu estou gastando muito com este contrato e é tipo, eu realmente amo muito esse carro? Ou eu poderia economizar cinco pagamentos de aluguel e comprar um carro usado que eu não possa ter nenhum pagamento de carro pelo resto da minha vida? Bem, não o resto da minha vida, mas você sabe o que quero dizer. Então eu acho que é … Eu acho que é um grande primeiro passo e então, obviamente, descobrir como você tem e qual é seu patrimônio líquido, isso é importante também.

Brandon: 27:47 Mas eu acho que o lado das despesas da equação é realmente onde você gostaria de começar porque é como se você estivesse perdendo dinheiro com coisas que realmente não melhoram sua vida, então é fácil começar a aparar e tentar otimizar . E então, sim, uma vez que você começa a construir um patrimônio líquido, apenas descobrir quanto dinheiro você tem, e que poder esse dinheiro lhe dá é importante, mas para muitas pessoas eles estão gastando tudo o que ganham para que o Passando lado da equação eu acho que é onde você precisa olhar primeiro.

Conceder: 28:18 Uma das coisas que você sempre me ajudou, e sei que muitas pessoas usam você como uma fonte para essas informações, é apenas a otimização fiscal em geral. E você sabe, não precisamos nos aprofundar nisso. É cedo demais para o Medicare, mas como, você sabe, os impostos parecem tão chatos. They seem so, you know, I want to outsource that or I don’t want to think about that. A lot of people just shudder when they think about it. For that person who’s listening, who’s maybe making a good amount of money or they’re just getting started here, how can you fall in love with tax optimization and why is it so important?

Brandon: 28:53 Certo. Sim. So I’ll just tell you my story of how that all came about. So I started the Mad Fientist in 2012 right when I realized like a in 2011 is when I realized that financial independence was possible when I was like, you know, always always, and I was like, I just want to get there as quickly as possible. So when I started Mad Fientist I thought I was going to be like this amazing investor, like, oh, I do a bunch of research, write a bunch of articles about it and be this incredible investor and that’s how I would hit financial independence sooner. It was quickly in, into my research that I realized how index funds are the most efficient and most high probable way of getting good returns. So it was like, oh, well, once I realized that I was like, well, what, what am I going to optimize?

Brandon: 29:34 Like I still wanted to do something and when it comes to investing, not doing something is usually the best call. So yeah, once I set up my index fund portfolio and I was happy with it. It was like I wasn’t going to touch it. So I started looking into other ways to optimize and as I mentioned before, I was already quite frugal. I was like a naturally frugal person and always concerned with my spending and always monitoring it. So, uh, there wasn’t really any optimizations on that side either. I found some ways like travel hacking and things like that, but for the most part, like my spending was pretty optimized so it was like a, we’re, we’re, what other, what else is there? And then that’s when I realized, Whoa, there’s this big chunk that people just completely forget about because you know, it’s taken out of your paycheck before you get it.

Brandon: 30:17 So it’s like you don’t even have it in the first place, but really like the pie of your money, like yeah, income is a part and that makes the pie bigger. Spending is a part in, uh, there’s another huge slice of that pie though, that’s taxes. So that’s when I started really doing a lot of research into tax optimization. And when I was doing the research I realized, wait a second, like early retirees are so different from the normal work until you’re 65 employee. So there’s loads of potential strategies here that could drastically reduce your time to financial independence that no one’s talking about because like they don’t apply to the normal work till you’re 65 employee because like if you think of like an income and spending graph of a normal person, like income keeps going up until you’re 65 spending probably keeps going up until you’re 65 and then income drops then pretty much nothing except for whatever your pension or whatever you’re drawing down from your retirement accounts.

Brandon: 31:14 But for an early retiree it’s like, okay, you have this high period, this period of high income, low, hopefully decreasing spending as you’re optimizing and you’re getting more familiar with what you want to spend on and what you don’t need to spend on. And then the spending, you know, pretty much stays consistent but your income drops considerably. And then you have this period of, you know, maybe 10, 20, 30 years even until you hit 65 where you have this low income and reasonable spending. And I’m like, wow, this is an amazing opportunity to potentially, you know, have completely tax free money because you can juice these pre-tax retirement accounts like 401ks and IRAs and HSAs and things like that to lower your taxable income when your income’s high and thus your tax brackets high and then you can use those periods of low income years to transfer all that money over to like a Roth IRA.

Brandon: 32:03 And then once you eventually take that out, you’re tax free because those are tax free withdrawal accounts. And yeah, so that just revolutionized my path to financial independence and the direction of Mad Fientist because there’s just so many optimizations that were possible specifically for early retirees that I was able to find and it literally can take years off of your working career. So it’s not like we’re scrimping pennies here just by buying name brand groceries or something. It’s like we’re taking years off of your working career and you’re not really sacrificing anything to do it. It’s not like you’re lowering your spending and you know, depriving yourself there. And it’s not like you’re having to work an extra 20 hours on a side hustle to increase your income. You’re just not paying something that most people don’t like paying anyway. And it’s legal. It’s the government wants you to pay the minimum that you’re required to pay. So that just completely changed my whole trajectory. And uh, it’s, it was a huge impact.

Grant: 33:01 So someone just starting out and wants to learn about tax optimization. How much time, like, how many hours do you think of research it would take to get the basics to where you’re gonna you know, you’re going to be able to get some savings because this sounds to someone, it’s just new. I remember when I first thought about this. I was like, oh, this is just, this is going to take forever. How much time do you think someone should commit when they’re just learning about this?

Brandon: 33:28 It shouldn’t take too much time initially because if you’re currently working and you have a high income and you’re looking to retire early, then obviously the thing that you’re gonna want to do now is just lower that taxable income as much as you can and that’s quite simple through just like taking advantage of your 401k. If you have one at work, if you have a 403b, that’s also a great one. Any of the pre-tax retirement accounts, just trying to max those out just because if this is going to be the highest tax bracket you’re in, potentially just if you have early retirement plans, then you just want to lower that as much as possible and then once you get to the stage where you’re thinking, okay, I’m going to maybe pull the plug on work, then that’s when you’re going to want to do some research into like how you can transfer that money over into a Roth IRA efficiently and how you can access those accounts early.

Brandon: 34:18 Which that’s pretty much the bulk of the writing on my side is focused on that. So like I have an article called how to access retirement accounts early and that goes through all the different strategies that you can use. And then if you’re at that stage and you have a bunch of money and you don’t want to deal with it, then you can hire somebody to deal with it for you and that’s actually something I’ve just recently did. This is the first year I didn’t do my own taxes and that’s because uh, I switched my business over to an S Corp and I had no interest whatsoever and learning how to do an S Corp return and all the implications of that. So I actually hired a guy to do it and it was great and he saved me a bunch of money on taxes even though I’m super into this stuff, he was able to still make some suggestions to save a bunch of money on taxes. So yeah, there’s always somebody you could hire if you don’t want to think about it. But yeah, it wouldn’t take much reading to get you to a level where you actually feel confident in the decisions that you’re making or the recommendations that your accountant is giving you.

Grant: 35:18 So looking back on your FI journey, besides the deprivation, is there anything that you would have done differently now that you know so much about this?

Brandon: 35:29 Absolutely, yeah. I would have used the power that money was giving me along the way that I didn’t even realize it was giving to me to make positive changes, to make requests at work that I thought I was just too scared to make. In looking back it’s stupid… I don’t understand, like asking for something. I wouldn’t have just been fired because I asked for it so I don’t really know what I was afraid of, but I didn’t realize the power that I had so I should have used the power of the money gave me to make positive changes in my life and I should have been focused on the real goal, which wasn’t a certain number in the bank because once I hit that, it didn’t matter. It didn’t change anything. It shouldn’t have been focusing on a certain number in the bank. It should have been that relationship between money, happiness, and like overall life purpose, and just trying to experiment with that, optimize and yeah, not putting off that happiness for some arbitrary number in a bank account that really doesn’t matter at the end of the day because it’s hard to conceptualize money in the bank anyway. So it, it just didn’t matter. So yeah, that was the biggest mistake and if I was to do it again, I would recognize the power…use the power and just be constantly working on all three spokes of that wheel that I was talking about.

Grant: 36:45 So what does financial freedom mean to you now?

Brandon: 36:47 It’s being able to do anything that I want and not really answering to anyone else. And I’ve talked a lot about some of the downsides of it, but I just want to reiterate like overall it is just so amazing to be able to wake up and choose what you do that day. And yeah, you’ll have some busy days if you’re like working on stuff like I am. And like yesterday it was quite stressful…I had a lot of stuff going on, but it was all good stuff and everything that I did was something that I chose to do and there really…there’s nothing better you can buy in the world that I can’t imagine anything else that’s better than that to buy. And that’s what saving for financial independence does. You’re buying that freedom and since the first year was so crazy and I was so trying to figure everything out, I don’t think it really sunk in, but the second year after quitting my job, like I feel like it’s really sunk in and I’m starting to realize like, hey, this is the rest of my life. I have this ability to do whatever I want for the rest of my life. And every now and then like I’ll just get hit by like this wave of like happiness and gratitude.

Brandon: 38:00 I don’t know what the…I don’t know what the word is for it, but just like this wave of just happiness really, that it’s just like, wow, this is…and those come when I’m not doing anything particularly fun or amazing. I think it just hits me that yeah, this is possible based on past work and decisions and this is incredible. So there are challenges like I said, but I, I couldn’t recommend it enough.

Grant: 38:26 One of the things I realized I was looking for a word. Just like you, I was sitting in Cornwall, England for a little bit of time and I was sitting just looking at the water and I felt really weird. I was like, what is this? What is this feeling that I’m feeling like, what is this? Like I didn’t literally recognize the feeling and I realized it was the first time in my life that I was actually at peace.

Brandon: 38:47 Certo? Sim. That’s a good way to describe it. Absolutely.

Grant: 38:51 And there was just kind of an ease and there’s, you know, life’s going to have a lot of rhythms and you’re right, some days those rhythms are going to be crazy and it’s just, there’s gonna be so much going on and you know you’re going to be stressed and you know, life is life. But I think you increased the opportunity for peace just to arrive in your life. And you realize so much that you can only control so many variables and you actually realize, I think or I’ve realized that this process that I’m in control of a lot fewer of the variables than I think I am and I’m, I’m learning to be okay with that and that’s why you’re just kinda sitting there and maybe it’s not even anything that you do, but all of a sudden this peace, at least in me, kind of overcomes me.

Brandon: 39:36 And you mentioned that you’re in less…you’re not in control of all these variables and yeah that’s absolutely true in…but having money there in case of…like I would just have this like low level of stress anytime I thought of my car when I was younger because I was like, you know, this is an old car and what if it breaks down and then that’s going to be like 500 bucks or something. And yeah, that still can happen because I still have an old car and it is having problems. But, but yeah, not caring so much about the money I guess just allows me to not worry about that and just not care. But that’s obviously a trivial example, but I think that the power that money gives you and not having to worry about it as much as you did in the past makes a lot of things that maybe would stress you out low level stress in the background makes you not have those anymore. And that’s a beautiful thing. So yeah, you’re in a better position to experience that peace, as you said, because a lot of the worries that you used to have aren’t there anymore. And, and uh, yeah, it’s a beautiful thing.

Grant: 40:41 I think money and a lot of ways it kind of insulates you from the world. So much of everyday life, you know, for a lot of people is consumed with getting that paycheck or getting that payment, you know, it just just consumes so much of your thinking. And the biggest thing for me is once I became FI, it was like 90 percent of my brain opened up, you know, and I didn’t realize just how stressed I was about money and fixated I was on money. And you know, it’s just another example of not having to…knowing that oddly at your core, you know, you’re going to be able to take care of yourself. I think a lot of people can probably feel that a little bit sooner than you know, when, when they reach FI. But it allows you, I think to create kind of a barrier between you and the external world that does open up that internal…that opportunity for internal growth because at the end of the day, and I’ve realized this is no matter where I live or how I’m making money, the only thing that I’m carrying with myself is myself and that really, that really kinda hit me intensely where it was like, you know, I expected to move to New York and like feel entirely different. Or, you know, I remember when I sold my first big client and I wish I’d thought I’d feel different and you know, at the end of the day you’re carrying yourself with you. And also, you know, actually this is, this is the last question. The finance industry sells a level of precision that I just personally think is really unrealistic. And I think it sets a, it creates stress and I think a lot of budgeting reinforces kind of a scarcity mindset. And I think a lot of people think about money, you know, and they’re like budgeting or oh my gosh, I can’t imagine it just, it just seems kind of daunting and stressful and the finance industry sells this idea that, hey, you need to save up a ton of money and here’s the exact number and we’re going to help you get there. But I think one of the things for me I’ve realized is that how do you even begin to plan for having enough money forever and for the forever. You, when who you are now is different than who you were two years ago. And we all change and we all grow, so how can someone set themselves up and maybe give themself permission to optimize their money, but like we’ve talked about this entire episode, focus on those more important things.

Brandon: 43:05 That’s a great point. And yeah, that’s…I have a article that I’m planning to write and it’s talking about like, like FI… FI as a goal and that was my goal. But really this whole thing should be about mastery as we’ve talked about. And yeah, you should optimize for now as you said, but you’re right, you’re going to be different in two years and you should optimize for them for the new you. You shouldn’t make choices that lock you into something for a long time. So that’s why trying things out, renting instead of buying if you can, allows that and then it allows you to change and change what you want and what you’re paying for. But yeah, just treating it at like you’re mastering that intersection of money, happiness and purpose rather than, all right, here’s my financial goal. I’m going to work towards that. Because yeah, once you get there, maybe you’re spending is cut in half because you realize all the stuff you’re spending on didn’t matter so then you worked longer than you needed to or maybe you start spending more because you realize you deprived yourself over the last few years of stuff that really did make you happy. Assim. So yeah, I just think, yeah, focusing on that and rather than treating it like a goal, just treating it as…alright I want to master my life and the…how I spend money for that life and what I’m working towards and yeah, always adjust because I’m still learning things about myself and I’m still changing and I’m still changing things up and yeah, you’re never going to be like, all right, now I’m happy. Or now I have enough money for everything that I know I want to do in the future.

Brandon: 44:40 And now I’m working on the exact thing that is important to me. It’s like you’re constantly learning things and changing, so just be flexible and you’re able to be flexible by not locking yourself into a 30-year mortgage on a McMansion that you can’t afford and you’re not flexible when you’re having to work 40 hours a week just to pay for, you know, your two leased SUV’s and things like that. So, so yeah, I think there’s obviously some things you, some choices you can make so that you don’t screw yourself over in the future, but I completely agree that focusing on just improving for today is, is a great way to go about it.

Grant: 45:21 Sim. Financial freedom means so many different things to so many people, so it’s important to define what it means to you more than anything else. So, hey Brandon, really appreciate, uh, all of the wisdom I’ve learned so much from you. It’s fun to be on this journey. It’s so. It’s so great to hear you so happy and thanks for…thanks for going deep with me this morning. I really appreciate you being being on the podcast.

Brandon: 45:45 No, my pleasure, man. And it’s…yeah, it’s been great to see what you’ve been up to and the stuff you said at the beginning and knowing that I played even just a tiny part in helping you, uh, onto this path is just incredible because it’s, you know, it’s like compound interest to the extreme. If I, even if one post helped you and then it’s amazing to see what you’ve created on your own path. So it’s, it’s awesome man. So I always appreciate coming on your show and it’s always great talking to you.

Grant: 46:12 All right, have a good day.

Brandon: 46:14 Thanks buddy. Later!

The post Why It’s Never Been Easier To Reach FI w/ Brandon @MadFientist appeared first on Millennial Money.

Posts que podem interessar:

Como comprar hospedagem com BlueHost criar seu blog em minutos

3 maneiras baratas (ou gratuitas) de se pesquisar para infecções sexualmente transmissíveis

Como Alguns Milionários Tem O Seu Início

Dicas para vender fotos on-line para um banco de fotos

Grátis PHP IDE CodeLobster na verificação rápida

Como começar um negócio bem sucedido em casa

Publicidade – princípios básicos do trabalho autônomo bem-sucedido

20 idéias bem sucedidas de negócios em casa na Índia

Conveniência da compra online